Mundo Gonzo #83: Segunda semana de #365HQs

O Instagram do Mundo Gonzo está cheio de dicas

Segunda semana do desafio #365HQs no Instagram do Mundo Gonzo. Essa semana foi bem legal, várias histórias história boas. Uma média legal e que vale para ler. Por isso, fico feliz de ter você por aqui.
Bem-vindo ao meu mundo.

“Some things in life are bad
They can really make you mad
Other things just make you swear and curse
When you’re chewing on life’s gristle
Don’t grumble, give a whistle
And this’ll help things turn out for the best
And
Always look on the bright side of life
Always look on the light side of life”


#7/365 DIAS

BOM COMO VINHO Minha 7ª HQ do desafio #365HQS é Verões Felizes 2: A Calanque, de Zidrou e Jordi Lafebre. Publicada no Brasil pela @sesispeditora . Olha, a primeira edição (Rumo ao Sul) já tinha sido escolhida por mim como a melhor HQ de 2016. Esse segundo volume não está só em 2017, mas está pau a pau como uma das melhores HQs do ano que passou. Verões Felizes é uma daquelas obras que vão despertar o melhor sentimento em qualquer pessoa que ler. Pra quem não conhece, a história é sobre uma família belga: os Faldérault, formada por Pierre e Madô e seus quatro filhos. Todos os anos eles partem para o sul da França e busca de paz e descanso. Sim, meu amigo. Verões Felizes não tem brigas sangrentas, lutas intergalácticas, muito menos algum tipo de vilão para se importar. Verões Felizes é sobre a vida, e como a vida pode ser uma grande aventura. No segundo volume de Verões Felizes, a família de Pierre e Madô vão para mais viagem em direção ao Sul da França. Mas tem um detalhe, dessa vez a história se passa quatro anos antes do primeiro volume. Em 1969, a pequena Paulette (caçula da família, personagem que eu mais amei no primeiro volume, ainda não nasceu), os Faldérault partem para mais uma grande aventura com direito a mudar a vida de um jovem Hippie. Eles acabam recebendo uma dica de um senhor francês, sobre uma Calanque, para explicar de uma forma mais fácil, um tipo de praia secreta e totalmente deserta, e é lá que eles decidem passar o verão. Olha, nunca o cotidiano de uma família foi tão legal de se ler. Acho que você vai ter esse mesmo sentimento ao pegar Verões Felizes 2: A Calanque. Se não conhece a série, eu recomendo demais a compra. Zidrou é aquele autor que me pegou. Não conhecia nada dele antes, e ler essa série me fez correr atrás de outros materiais que ele fez. Já Jordi Lafebre tem uma traço espetacular, como ele desenha bem. Outras coisa que chama atenção nesta história são as cores. Tudo é bem trabalhado. As sombras são um exemplo disso. Ele coloca tons e sobretons, e tudo fica lindo. Trabalho de Lafebre e de Mado Peña. Para resumir, Verões Felizes 2: A Calanque é a HQ que você precisa ler para ontem. Afinal: “Felicidade não dá para contar! “

Uma publicação compartilhada por Mundo Gonzo (@mundogonzo) em

VERÕES FELIZES 2: A CALANQUE
• Capa comum: 64 páginas
• Editora: SESI-SP
• Preço: 39,90
Promoção na Amazon: http://amzn.to/2CA26yD


#8/365 DIAS

KANEDAAAAAA! TETSUOOOOO! A 8ª dica do desafio #365HQs é Akira volume 1 de Katsuhiro Otomo, publicada aqui pela @editorajbc . Devo dizer que segurei essa leitura até onde dava. Estava na esperança dos japonese liberarem o segundo volume para CCXP. Não aconteceu. Daí nesses dias de pescar o que ler para o desafio… eu vi a edição de Akira ao lado das antigas revistas da Globo. Sabe a letra daquela música… “Eu olhei prá ela. Ela olhou prá mim”… pois é, foi isso que aconteceu. Akira é uma HQ que tenho muito carinho, ralei pra caramba para ter todos os números da Globo. Não imaginava que um dia eu ia ler a edição oriental, sem estar espelhada e sem cores. Então foi uma alegria enorme quando a JBC anunciou em 2015 que iria republicar Akira no Brasil. A história, para quem não conhece, se passa depois da terceira guerra mundial. O ano é 2019, Neo Tokyo está sendo reconstruída. Afinal, em 2020 a cidade vai sediar a Olimpíada (olha só a coincidência). As coisas mudaram no Japão. A cidade está cheia de gangues de delinquentes juvenis, cada uma buscando seu espaço. E uma dessas gangues decide rodar pela cidade e param no exato local do impacto que começou a terceira Guerra Mundial na antiga Tóquio. É nesse cenário que eles esbarram em um garoto diferente. Ele parece uma criança velha. É aí que a história de Akira começa. Vamos acompanhar essa trama com direito a conspiração militar na garupa de Kaneda e Tetsuo. Uma amizade que acaba mexida por toda trama. Depois de todos esses anos, Akira continua uma das melhores leituras que alguém poderia ter. Katsuhiro Otomo é um verdadeiro monstro no que faz. Os desenhos são lindos e com uma narrativa atual. O roteiro de Otomo continua relevante e nessa primeira edição não tem furo algum. O cara sabe mesclar tudo com pequenas doses de humor. O maior defeito da história é um só… ter de esperar pelo próximo volume. A edição da JBC está linda, um belo trabalho editorial do capitaneado por @cassiusmedauar . Parabéns, ficou realmente ótimo. Se você não conhece Akira, compre e venha para esse mundo. Se conhece, compre também, pois é uma daquelas leituras para vida. Uma HQ nota 10. ⠀⠀ AKIRA – VOLUME 1 • Capa cartonada: 362 páginas

Uma publicação compartilhada por Mundo Gonzo (@mundogonzo) em

Promoção na Amazon: http://amzn.to/2DgKgo6


#9/365 DIAS

BOBO DE BOM A minha 9ª do #365HQs é Dr. Slump de Akira Toriyama, publicada por aqui pela @editorapanini . É a segunda vez que a revista sai no Brasil. É a segunda vez que eu compro a série. Mas tenho meu pecado, a primeira versão está minha pilha de leitura tem uns 15 anos. É uma vergonha, eu sei. Li as três primeira edições da Conrad e parei. Quando a Panini começou a publicar a promessa que fiz pra mim era: ler as novas edições da editora e não parar mais. E assim estou fazendo. Dr. Slump foi uma criação de Toriyama de 1980, durou 18 números, depois ele fez um tal de Dragon Ball (acho que você nem conhece, hehehehe). Mas falando sério, Dr.Slump é aquele título para você ler e rir, mas rir muito. A história é sobre Arale, uma androide criada pelo cientista Dr. Slump. O mais engraçado da história é que ele criou uma robô míope, extremamente forte e totalmente inocente. Pois é, você vai descobrir que o cientista da Vila Pinguim é, como posso dizer, um dos homens mais enrolados do mundo. Arale acaba tendo uma vida quase comum. Ninguém se toca que ela é uma android e esse vai ser o estopim de muitas piadas em histórias curtas. São momentos tão surreais que você vai acabar se pegando rindo do ridículo das situações. As histórias estão cheias de referências a cultura nerd. É bem legal ver como o Toriyama é um grande Geek já naquela época. Tem Star Wars, viagens no tempo, Godzilla e outras coisas que vale prestar atenção. Nesta edição, a história que mais me fez rir foi a do ladrão de bancos. Arale é a personagem mais sem noção desse mundo. Tenho certeza que você vai ficar com pena dele. Se não ficar, vai rir pra caramba. Pois, por mais absurdo que pareça as histórias, o que Akira Toriyama mais procurar fazer é nos deixar alegre. Acredite, ele consegue fazer isso em todas edições. DR. SLUMP – VOLUME 2 • Capa comum: 192 páginas • Editora: Panini • Preço: R$ 13,90 Link da Amazon http://amzn.to/2DgvQla #MundoGonzo #mangá #quadrinhosgram #instahq #quadrinhos #comics #resenha #review #critica #hq #PaniniComics #DrSlump

Uma publicação compartilhada por Mundo Gonzo (@mundogonzo) em

Promoção na Amazon: http://amzn.to/2CZ4aR3


#10/365 DIAS

VAGABOND, A LÂMINA É O MUNDO Yes, 10 dias de #365hqs. A 10ª de #365hqs é apenas Vagabond – volume 23, de Takehiko Inoue, publicada pela @editorapanini . Olha, essa é especial. Foram quase 11 anos completos sem uma história inédita de Vagabond no Brasil e finalmente saiu essa edição inédita. A história da publicação de Vagabond aqui no país é longa. Foram duas editoras antes da Panini. A Conrad publicou 44 edições no formato meio tanko, ou seja, 22 edições do formato original. Depois ela decidiu publicar tudo em um formato maior e completo. Foram 14 números e aí ela parou. Isso lá pelo ano de 2007. Depois a Nova Sampa tentou continuar, em 2014, de onde a Conrad tinha parado, mas durou apenas 4 números. Eu pensei que a história de Musashi estava amaldiçoada aqui no país. Foi então que a Panini assumiu a publicação de Vagabond em 2016 e vem colocando em banca desde então. Agora, finalmente chega o número 23. História inédita. E que história! Takehiko Inoue vem há algum tempo preparando o terreno para o encontro entre Miyamoto Musashi e Sasaki Kojiro. Nesta edição Kojiro finalmente chega na cidade de Kyoto. Ele chega no momento que Matahachi (eu odeio esse personagem desde o primeiro número) está mais uma vez envolvido em uma confusão. Dessa vez com os alunos da Academia Yoshioka que procuravam pelo verdadeiro Sasaki Kojiro. A ideia deles é usar Kojiro como substituto de Denshichiro Yoshioka no duelo contra Musashi. Se vai dar certo, só lendo para saber. O inverno chegou ao Japão e o frio parece não parar o instinto de Musashi e Kojiro, muito menos a malandragem de Matahachi. Essa edição é como uma ponte para o encontro das lâminas das espadas Musashi e Kojiro. Eu estou louco para ler a próxima edição. Ah, os desenhos do Takehiko Inoue são um desbunde. Eu adoro o traço dele e gostaria muito de ver esse cara em alguma Con aqui do Brasil. Quem sabem em uma CCXP ( não estou pedido muito @ivan_costa e @forlani ). Sonhar não custa nada… ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ VAGABOND- VOLUME 23 • Capa comum: 216 páginas • Editora: Panini • Preço: R$ 18,90 #MundoGonzo #mangá #quadrinhosgram #instahq #quadrinhos #comics #resenha #review #critica #hq #PaniniComics #Vagabond #TakehikoInoue

Uma publicação compartilhada por Mundo Gonzo (@mundogonzo) em

Compre na Amazon: http://amzn.to/2FxGkNT


#11/365 DIAS

LEMBRANÇAS ESPACIAIS DO PASSADO Chegou dia de indicar uma obra de Mark Millar, estava demorando… Starlight, de Mark Millar e Goran Parlon, publicada pela @editorapanini , é a minha 11ª de #365hqs. Millar é um daqueles roteiristas que descobriram o filão de escrever quadrinhos pensando em filmes (Kick Ass, O Procuro, Kingsman… ele não vai parar por aí). Em Starlight, temos mais um roteiro prontinho para Hollywood. Tanto que os direitos já foram vendidos para 20th Century Fox e a última notícia era que eles queriam o Sylvester Stallone no papel principal. Mas você deve tá se perguntando sobre o que é essa história. Starlight é um passeio que Millar faz pelas óperas espaciais. Nesta aventura vamos conhecer Duke McQueen, um ex-piloto da força aérea americana que desapareceu durante uma missão há quarenta anos. Na verdade, ele foi sugado por um fenda espacial e acabou indo parar em um planeta muito distante. Duke virou um herói desse planeta, onde salvou os habitantes locais da tirania de um ditador. Ao retornar à Terra ninguém, exceto sua esposa, acreditou em sua história. 40 anos depois, a esposa de McQueen morreu. Os filhos não levam o pai muito a sério. Ele acaba virando um homem solitário. Até que numa noite, uma pequena nave aparece em sua porta. Um jovem garoto tem um pedido ao herói de Tantalus. Eles precisam de sua ajuda para salvar seu povo. É assim que Millar começa a história de Starlight. Pode não ser a melhor obra dele, faltam explicações para varias situações no roteiro. Mas isso não atrapalha na diversão. Starlight é um verdadeiro filme dos anos de 1980, prontos para passar numa Sessão da Tarde. Lembra que eu falei que era um roteiro pronto? Mas roteiro precisa de imagem. Pra isso temos os desenhos do Goran Parlov. Conhecido por seu trabalho em Justiceiro: Max. Mas que já passou pela Bonelli (gosto muito dos desenhos dele em Mágico Vento) e DC. Esse cara desenha demais. Lindo traço, que faz qualquer um ficar babando e observando tudo que ele coloca na página. Puro cinema! Starlight diverte e muito. Então não marca bobeira, compre, comece a ler e depois comente aqui o que achou. A gente se esbarra por este mundo. STARLIGHT • Capa dura: 168 pág

Uma publicação compartilhada por Mundo Gonzo (@mundogonzo) em

STARLIGHT
• Capa dura: 168 pág
• Editora: Panini
• Preço: R$ 56,00

Promoção na Amazon: http://amzn.to/2D36o1I


#12/365 DIAS

AMOR BANDIDO Mais uma HQ do desafio #365hqs. Essa é a 12/365. E a revista de hoje é CRIMINOSOS DO SEXO VOLUME 3: A TRÊS É DIFÍCIL, de Matt Fraction e Chip Zdarsky, publicada no Brasil pela @devirbrasil. Esse encadernado reúne as edições 11 a 15 da série mensal e mais uns extras exclusivos para o volume. É bom deixar claro que a revista é para leitores adultos, maiores de 18 anos. Criminosos dos Sexo é uma série publicada nos EUA desde 2013 pela Image Comics. Vencedora do Eisner de Melhor Série Estreante em 2014. Se você não conhece, deve está se perguntando, que diabos tem nessa história? Acho que a melhor forma de explicar é fazendo uma pergunta: O que você faria se tivesse o poder de parar o tempo? ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Pensou? ⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Quem mais um tempinho? ⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Bem, vou responder o que Jon e Suzie fazem com esse poder. Eles roubam bancos. Acho que eu esqueci de explicar como eles fazem isso. Transando. Pois é, todas vez o casal decide fazer amor, eles consegue congelar o tempo. E qual a melhor ideia que eles tem para usar esse poder? A mais óbvia das ideias: Eles resolvem roubar bancos. Nesta edição (se você tem os outros dois volumes é bom passar os olhos neles para dar aquela refrescada), depois de descobrirem que não são os únicos com esse poder especial. Jon e Suzie começam a ser perseguidos pela… Polícia do Sexo. Pois é, existe um grupo que monitora todos aqueles com os mesmos poderes do nosso jovem casal. Essa edição tem de tudo. Um encontro com um fã de hentai com os mesmo poderes, até uma crise de consciência da Suzie, passando por uma série de usos de metalinguagem por parte dos nossos dois autores. CRIMINOSOS DO SEXO VOLUME 3: A TRÊS É DIFÍCIL é um prato cheio pra quem gosta de uma HQ bem diferente. E porque não dizer… safadinha. Essa edição termina com um gancho enorme para o próximo volume. @devirbrasil , lança logo a continuação, por favor!!! ================================ CRIMINOSOS DO SEXO VOLUME 3: A TRÊS É DIFÍCIL. • Capa dura: 120 páginas • Editora: Devir Livraria • Preço: R$ 69,90 #MundoGonzo #ImageComics #quadrinhosgram #instahq #quadrinhos #comics #resenha #review #critica #hq #DevirLivraria #Criminososdosexo #SexCriminals

Uma publicação compartilhada por Mundo Gonzo (@mundogonzo) em

Promoção na Amazon: http://amzn.to/2FCvbM2


#13/365 DIAS

NOSTALGIA PURA FUTURE QUEST –VOLUME 1, publicada pela @editorapanini , é a 13ª revista do desafio #365hqs. Eu cresci assistindo aos desenhos da Hanna-Barbera, então dá pra imaginar como fiquei empolgado com essa revista, não é? ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ É bom explicar que em 2016 a DC junto com a Hanna_Barbera decidiram criar novas HQs do personagens clássicos dos estúdios. Future Quest foi a primeira. Um grande encontro de Jonny Quest, Space Ghost, Homem-Pássaro, Herculoides, Mightor, Frankenstein Jr, Os Impossíveis e alguns outros. Poderia ser uma história jogada, com tantos personagens na revista, mas não é assim. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Com roteiros de Jeff Parker e desenhos de vários artistas (destaque para Evan Shaner e Steve Rude), somos apresentados a uma grande ameaça que está para invadir a Terra. Isso tudo serve de estopim para o grande encontro dos personagens, já que o Dr. Benton Quest decide investigar o caso, junto com toda sua família: Jonny, Hadji, Roger Bannon e Bandit, é claro. O grande problema é que não são apenas eles que estão preocupados com a anomalia que vem ocorrendo na Terra. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Vou dar méritos ao Jeff Parker. Ele poderia se perder em meio a tantos personagens, criar uma história horrível, mas FUTURE QUEST –VOLUME 1 é bom demais. Parker conseguiu mesclar quase todo o universo de aventura da Hanna-Barbera, sem deixa espaço para erros. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ É tão bom ver Jonny Quest, Space Ghost, Homem-Pássaro, Herculoides, Mightor… todos em uma mesma aventura. Pra mim foi nostalgia pura. E para você, espero que curta bastante esse primeiro volume. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Um adendo legal. Esse projeto seria uma parceria entre Jeff Parker e Darwyn Cooke, que morreu em maio de 2016. Cooker chegou a ajudar nas ideias de todo o projeto e fez arte promocional. O posfácio de Jeff Parker explica toda situação e é emocionante. ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ FUTURE QUEST –VOLUME 1 ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ • Capa comum: 176 páginas • Editora: Panini • Preço: R$ 25,90 ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ Por @casspinheiro ⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀ #MundoGonzo #gibi #quadrinhosgram #instahq #quadrinhos #comics #resenha #review #critica #hq #PaniniComics #FutureQuest

Uma publicação compartilhada por Mundo Gonzo (@mundogonzo) em

Promoção na Amazon: http://amzn.to/2DcdPHr


Domingo que vem tem mais resumo da semana do #356Hqs do Mundo Gonzo. A gente se esbarra por este mundo.

The following two tabs change content below.

Cassiano Pinheiro

Criador do Mundo Gonzo, Jornalista, apaixonado pelo mundo das HQ's e outras nerdices. Jogando na mega-sena para ficar rico e custear meus gastos em HQs. Desenhista, beatlemaníaco e louco por uma boa cerveja.