Mundo Gonzo #77: Verões Felizes 1: Rumo ao Sul

Coluna volta com um dos melhores quadrinhos que saíram em 2016

Bem-vindo ao meu mundo.

Sim, estou de volta. Caramba, pensei que não ia conseguir escrever este ano para vocês, mas aqui estou de volta. De volta ao lar. Volto no dia em que Frank Miller completa 60 anos. Parabéns ao mestre por tudo que fez nesses anos todos de serviços prestados à nona arte. Semana em que o titulo do novo filme de Star Wars foi revelado. Sim, o Episódio VIII ganhou nome: The Last Jedi. Semana em que todos ficaram pensando e juntando peças. Qual vai ser o destino de Luke, o que vai acontecer com o Skywalker? Eu prefiro não saber, mas que o logo vermelho me deixou com uma pulga atrás da orelha, isto ele deixou. Mas estamos de volta e para a volta decidi falar das HQs que mais gostei de 2016. Não vou fazer lista, tem aos montes, mas decidi escrever sobre as revistas em quadrinhos que mais chamaram atenção no ano passado e que, se você não leu, deve ler. “Vamo que vamo”, Mundo Gonzo no ar.

“Et, dès que je l’aperçois
Alors je sens dans moi
Mon coeur qui bat

Lalalala Lalalala
La La La La”


A AVENTURA É A VIDA REAL

Chega logo segundo volume

Sabe, quando decidi falar das melhores HQs do ano passado eu já estava com a revista certa para começar a coluna aqui no Mundo Gonzo (Ela vai entrar em outro momento). Estava escrevendo o texto quando me dei conta de que minha pilha de HQs de 2016 não tinha acabado. Era hora de ler mais uma algumas HQ antes de continuar a escrever. Foi assim que aconteceu, uma após outra, anotando quais os pontos fortes de cada gibi e continuando a leitura. Foi aí que Verões Felizes-1. Rumo ao Sul apareceu. Publicado aqui no Brasil pela SESI-SP Editora, a revista conta com os roteiros do belga Zidrou e desenhos do espanhol Jordi Lafebre, estes dois mostram pra gente como fazer uma história em quadrinhos.

Verões Felizes apresenta ao leitor a família belga dos Faldérault. O pai é um desenhista de histórias em quadrinhos, já a mãe não aguenta seu trabalho, ah tem também os quatro filhos e um amigo imaginário de um deles. Para completar, os pais não vivem um momento bom no relacionamento. Bem, na história, os Faldérault estão prestes a entrar em férias, na verdade eles estão três dias atrasados. Crianças e esposa loucos para partir rumo ao sul da França em busca de sol.

Falta pouco para as férias

É assim que começa a aventura da vida real. Verões Felizes-1. Rumo ao Sul nos mostra como devemos valorizar nossos pequenos momentos. O mais legal nisso tudo é ver como Zidrou nos transporta aos anos de 1970 e como ele trabalha bem em todos os aspectos da história, inclusive como ele enxerga a sua Bélgica. Já o espanhol Jordi Lafebre é um mestre no traço, como ele desenha bem demais e como é bom conhecer um novo desenhista. Eu não tinha visto nenhum trabalho do Lafebre e foi um lufado de boas coisas ao ler essa HQ. Ah, você deve tá se perguntando o motivo do nome Verões Felizes-1. Rumo ao Sul, sim é uma série, mas você pode ler tranquilamente essa HQ, pois a história tem fim. Posso dizer com toda certeza do mundo, ao terminar você vai ter a maior vontade de ler o segundo volume e conhecer um pouco mais as histórias de Pierre e Madô, e seus filhos Louis, Nicole, Julie e Paulette.

  • Cantando
  • Uma batatinha frita
  • Curtindo as férias
  • parada
  • Capa

Verões Felizes-1. Rumo ao Sul é disparado o melhor quadrinho de 2016 e tenho maior orgulho de voltar
com o Mundo Gonzo falando sobre. Agora é torcer para SESI_SP publicar logo o segundo volume!

Verões Felizes-1. Rumo ao Sul
Páginas: 64
Preço sugerido: R$ 38,00

É isso pessoal, a gente se esbarra por este mundo.

The following two tabs change content below.

Cassiano Pinheiro

Criador do Mundo Gonzo, Jornalista, apaixonado pelo mundo das HQ's e outras nerdices. Jogando na mega-sena para ficar rico e custear meus gastos em HQs. Desenhista, beatlemaníaco e louco por uma boa cerveja.